Ervas e plantas
 
 
 

Ervas e Plantas

 

Infestantes

 

 

 

 

As ervas daninhas ou ervas infestantes são sempre mal recebidas. De geração espontânea aparecem na primavera para conviver entre as nossas culturas, jardins e relvados, roubando-lhes os nutrientes que se encontram no solo, a luminosidade e água necessárias ao bom desenvolvimento das nossas plantas. Mas não se ficam por aqui: estas ervas são ainda um veículo transmissor de pragas e doenças, muitas vezes difícil de erradicar e que por essa razão se mantêm de ano para ano.


Mas atenção, porque nem tudo é má noticia: algumas destas ervas têm propriedades medicinais, podem servir de alimento a animais e, assim como servem de abrigo a pragas malévolas, podem ter a mesma utilidade para insectos benéficos de importante preservação, como é o caso das abelhas, joaninhas, aranhas e outros animais de mais reduzida dimensão e que ajudam no combate às pragas e doenças (sirfídeos, crisopas, etc). As ervas daninhas constituem, assim, uma prova de que neste mundo tudo o que é mau, também há-se ser bom. Portanto, não as elimine de forma absoluta, porque precisamos de quem delas precisa. E embora se possa recorrer a produtos químicos com vista à sua destruição (herbicidas), o melhor método continua a ser o de sachar a terra com regularidade.

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • Z
?>