FAQ's    de Culinária

 

Perguntas Mais Frequentes

 

 

 

 

L - Olá, sou o Lombardo. Como se faz pela tomate sem o desfazer?

LC - Faz-se um corte em cruz no topo, escalda-se em água a ferver durante 20 segundos, retira-se com uma escumadeira e coloca-se em água fria. Deste modo a pele sai naturalmente. Saudações gastronómicas

Sofia Galvão - Após consulta do vosso site, ao qual dou, desde já os meus parabéns, na área das receitas, do lombinho de porco, que parece delicioso, surgiu-me uma questão. No ponto 2 onde se refere para assar a "abóbora aos gomos com pele", refere-se à casca da abóbora?

LC - Casca e pele são os termos que utilizamos no dia-a-dia, embora depois de assada a casca pareça mais pele do que a casca dura enquanto fresca. Por isso na descrição da receita qualquer dos termos é correto, mas poderá induzir em erro os nossos leitores pensado que casca e pele não sejam a mesma coisa. Esperando que tenha sucesso nos seus cozinhados Saudações gastronómicas

Cristina Ferreira - Olá. Gostaria que me informassem onde posso encontrar cidrão. Deve usar-se na confecção de doces o fruto natural ou cristalizado?

LC - O cidrão (vulgo laranja cristalizada) pode ser utilizado em sobremesas picado (bolos de fatia, secos ou pudins) para enriquecer o seu sabor ou cortar um pouco o seu doce criando uma agradável sensação amarga ao comer. Por forma a ser consumido em doçaria deve fazer uma compota obrigando a que engrosse até ao ponto desejado ou então retirar a casca do fruto com um descascador, cortar às tiras finas, polvilhar com açúcar em pó e secar em forno a baixa temperatura (80º) durante 1 hora ou até ficar seco e crocante. Se o utilizar fresco poderá libertar demasiada água do fruto e o efeito desejado não ser atingido. O cidrão pode ser comprado na confeitaria da Ajuda na Rua João Saraiva nº 28 em Lisboa, na zona do mercado de Alvalade sendo vendido em embalagens de 250 grs mas os produtos desta confeitaria são fáceis de encontrar nas grandes superfícies ou supermercados. Saudações gastronómicas

Elsa Figueiredo - Como é que se preparam os espargos? Acompanham o quê?

LC - Os espargos frescos devem ser cortados no pé mais ou menos 3 cm e descascados da zona verde que vai passando a branco (cabeça) para o pé retirando a "pele" dura e de cor branca. De forma a poder saborear os espargos aconselho cozidos só em água e sal sendo assim a melhor forma de obter todo o seu sabor mas também podem ser assados ou grelhados. A água da cozedura pode ser guardada para enriquecer um arroz ou miga. Os espargos acompanham muito bem com carne ou peixe grelhado devido ao seu gosto refinado mas também vão muito bem em saladas ou ao natural com um molho. Bons cozinhados

Fernanda Oliveira - Bom dia. Gosto de culinária. Como posso obter as melhores receitas de cozinha portuguesa? Cumprimentos

LC - Cara Fernanda Oliveira

Se gosta mesmo de cozinhar e pretende fazer as receitas de base como nas regiões de onde são originárias, a nível de receituário português, a melhor "bíblia" é o "Cozinha Tradicional Portuguesa" de Maria de Lurdes Modesto.

Este livro é muito bom, tem uma grande pesquisa por regiões e o valor de aquisição rondará os 60 €uros mas certamente dará por bem empregue o seu dinheiro. É um livro sempre actual que poderá ser deixado às futuras gerações para que a memória gastronómica e o prazer da boa mesa nunca se perca.

Bons cozinhados

 

 
?>